Oleo de Andiroba

Diante de tantos produtos milagrosos, poucos podem ter o orgulho de serem oficialmente milagrosos, que é o caso da Andiroba. Na verdade não ela, que é uma árvore enorme e que no Brasil enche a Amazônia com seus 30 metros de altura, mas sim seu óleo. E ele é tão importante que até batiza a própria.

Vindo do Tupi, Ândi´Roba, que quer dizer óleo amargo, tem esse “extrato” saído de suas sementes, que caem entre janeiro e maio (florescem de agosto a outubro) e é reconhecido oficialmente pelo Ministério da Saúde por suas propriedades fitoterápicas.

Por isso, o que não falta são modos de utilizar muito bem o oleo de andiroba.

arvore para retirada de oleo de andiroba

Para que serve o Oleo de Andiroba

Ainda que há muito tempo atrás o óleo de andiroba fosse usado pelos índios para mumificar a cabeça de seus inimigos, bem verdade, também era conhecido como “azeite de andiroba” e também usado por esses mesmos para fins antissépticos, antiinflamatórios, cicatrizantes e até como inseticida. Tudo pelo que hoje ele também é usado (tirando a parte das cabeças).

Amarelo claro e muito amargo (sim tem gente que acredita que ele é um poderoso vermífugo, ainda que a Universidade Federal de Pernambuco e do Pará tenham uma pesquisa extensa sobre seus malefícios para o fígado), o oleo de andiroba acaba sendo famoso mesmo como produto cosmético.

semente de oleo de andiroba

À título de curiosidade, a famosa linha Natura Ekos é, justamente, pensada a partir do óleo de andiroba e promove “maciez e uma pela muito mais acetinada” para suas consumidoras.

E partindo do mesmo princípio, a massoterapia ainda faz vasto uso da andiroba, já que suas funções anti-inflamatórias e cicatrizantes acabam sendo ótimas para o relaxamento muscular e o alívio de dores na coluna.

O óleo de andiroba ainda acaba sendo largamente lembrado na indústria de cosméticos capilares, já que promete não só cabelos mais sedosos e brilhantes, como ainda até o combate da calvície, o que não é comprovado, mas também não impede de marcas famosas de shampoos se aventurarem com produtos à base de andiroba.

Repelente de Andiroba

andiroba vela

O interessante é que, além de tudo isso, desde os tempos onde resolvia o problema com as cabeças dos inimigos, também era usado para afastar os mosquitos. E sempre de um jeito extremamente eficiente.

Tão eficiente que ainda hoje grande parte daquele tipo de vela aromática repelente é feita do óleo de andiroba. Nesse caso, a vela é formada a partir da cera feita com a queima do baçago. O mesmo ainda pode ser passado direto no corpo, e em ambos o caso, o resultado promete ser eficiente até contra mosquitos que transmitem malária e dengue.