Oleo de Ricino

Enquanto a cada dia que passa uma fruta, flor ou planta se torna a coqueluche dos milagreiros de plantão, vez ou outra também surge aquelas que ninguém entende para o que serve realmente. E se você nunca ouviu falar no oleo de ricino, não se preocupe, mais dias menos dia ele será indicado a você como “bom pra alguma coisa”.

No caso, ele também pode ser conhecido como o “brasileiríssimo” oleo de mamona, aquela frutinha que parece ser cheia de espinhos. E também, se fossem espinhos não seria uma má ideia, já que a semente é extremamente tóxica e somente o óleo dela é que “faz bem”.

Faz bem entre aspas mesmo, por que é difícil provar sua eficácia para qualquer um dos problemas que ele, miraculosamente, promete resolver. Na verdade, existe apenas um benefício praticamente aceito, e está bem longe do monte de lugares onde ele é usado.

oleo de ricino origem mamona

Oleo de Ricino é Laxante?

Ainda que tenha um histórico onde o oleo de ricino já aparecia sendo usado no Egito antigo como anti-inflamatório, antioxidante e adstringente, o tempo passo e hoje ele é produzido (e industrializado até por algumas marcas pequenas), como um tratamento natural para a constipação. Vulgo laxante.

Para isso, mesmo que, obviamente, sem comprovação científica (apenas a da sua vó), basta uma colher de chá logo de manhã, pura ou não (já que é muito amargo e pode ser misturada com, por exemplo, um suco de laranja), para que seu intestino volte a funcionar. E o poder dele parece ser tão forte que não é recomendado que se tome ele por mais de três dias. E caso os sintomas não desaparecerem procure um médico (que é o que já se devia ter feito antes de decidir pelo óleo).

Mas se isso o faz ser bom para alguma coisa, além disso, é por que, por cada conta e cada risco, você pode pingar, passar ou espalhar onde quiser.

Para que serve o Óleo de Ricino?

Acontece que muita gente ainda usa esse óleo como os egípcios: para tudo. Por isso não é difícil encontrar receitas que lembrar que no caso dele ser laxante, também pode provocar náuseas, cólicas, vômitos e desidratação, mas que também serve para deixar seus cabelos mais lindos!

oleo ricino para cabelo

É só aplicar direto no couro cabeludo, deixar durante a noite de sono e tirar no dia seguinte com a ajuda de um shampoo. Para esses, o oleo de ricino não só deixa os cabelos mais fortes, macios e brilhantes como resolve problemas de caspa (podendo misturar no shampoo do dia-a-dia) e até os faz crescerem mais rápido. O que não é nada mal para um laxante.

Por fim, diante ainda de uma série enorme de benfeitorias, que incluem tratamentos no sistema imunológico e até ajudando em doenças degenerativas, o oleo de ricino ainda é um ótimo inimigo contra infecções oculares (como conjuntivites e tersóis), basta uma gotinha duas a três vezes por dia.

Mas, mais importante que tudo isso, o bom é lembrar que o melhor mesmo é procurar um médico antes de se aventurar em qualquer dessas curas milagrosas.

Deixe seu Comentário

28 thoughts on “Oleo de Ricino”

  1. começei a usar nos cabelos tem pouco tempo,mais ja posso ver a diferença passo durmo com ele,lavo bem ate retirar todo oleo,e deixo secar naturalmente nunca ficou oleoso mto pelo contrario fica “soltinho” brilhoso e super hidatados. Eu li que para ter um resultadoo mais eficar e bom intercalar com oleo de coco 100% natural tbm

  2. WAU, maravilha!!!! Estava sem noção a cerca do óleo de mamona, eu apenas somente via as pessoas a comprarem e não sabia para que elas o compravam, mas agora, não só vou ver mas também, comprar e usar no meu cabelo. Muito obrigada pela informação gente!..

  3. ola boa noite eu uso oléo de ricino, comecei este ano vendo videio no youtube Sim SIm fuziona mesmo..uso nas minha sonbrancelha e cabelos puro e quando medi com fita metrica estava com 27cm. isto foi no mes Agosto hoje Outubro esta com 57cm cresceu um pouco e minha sobrancelha esta ficando otimas do jeito que gosto bastante pelos.

  4. Bom dia, estou felizmente grata com com algumas experiencias ca expostas. A mha duvida foi exclarecida queria apenas saber da importancia do oleo recino.

  5. Oi Gostaria de saber se posso dar para meu bebê , ele tem 4 meses de vida e sofre muito com prisão de ventre … chora muito para soltar os gases . aii me indicaram esse olho será q posso dar ? Quantas gotinhas ?

  6. Estou usando no shampoo, uso uma vez por semana há quatro meses e já vi a diferença. Muito bom, meu cabelo está brilhoso e cresceu mais rápido..

  7. Procurar um médico sim, mas depende muito do médico. Não devemos endeusar os médicos , pois o que vejo e ouço falar sobre erros médicos me faz pensar que remedios de vó talvez sejam mais seguros. afinal elas sobreviveram pra contar os resultados.

  8. olá eu quero é um que ajuda na queda de cabelo sabem algo? estou tomando Pantogar a 2 anos ja fiz todos exames nada de anormal,mas aqueda não para,não sei se é estresse .

    1. Deiva, bom dia!!! Experimente usar o shampoo Crina de Cavalo. Uso em todas as lavadas e me ajudou muito. Meu cabelo está crescendo e aumentou bastante. Vc compra o shampoo em casa de ração mesmo. Loja veterinária. O Shampoo que uso é da marca Sanol e o vidro é de 1 litro.
      Boa sorte!!!

    2. Deiva vc precisa ver se a queda em seu cabelo é proveniente de dermatite (caspa), se é genética ou outra causa. Pantogar é só um complemento nutricional. Enquanto não detectar a origem do problema para que vc possa tratar não terá o resultado esperado. Vá em um bom dermatologista e daí faça o tratamento certo e será um sucesso.

    1. Marta Maria,
      O óleo de rícino ou azeite de mamona é um ótimo laxante e não é amargo como dito no texto acima.
      Minha família sempre o usou para prisão de ventre, estômago “azangado” (indigestão) e “empanzinamento” com muito sucesso, tb para nascer cabelo, curar umbigo de crianças e de animais e para proteger feridas do contágio de bactérias. Ele é ótimo laxante, mas como qualquer laxante, mesmo sendo natural, não é recomendado tomar todos os dias, embora eu acredite que ele, por ser tb cicatrizante, não vai corroer sua flora intestinal e poderá usar uma vez por semana, como eu fiz durante anos.
      Como não encontrava mais o azeite de mamona in natura (sem passar pela química de refinamento), eu o troquei por azeite de oliva, q é também tiro e queda e já bem conhecido da medicina. Você pode tomar todos os dias uma colher de sopa de azeite de oliva (eu uso extravirgem), em jejum, e por cima um copo de água morna, aguardar pelo menos 4omin para tomar o café da manhã, tomar outra colher no almoço, dará um pouco de cólica intestinal na hora de funcionar, mas funcionará bem e pode tomar todos os dias.
      Ah, evite queijos, porque ele trava o intestino mesmo com uso de laxantes.
      Boa sorte.

    2. Marta, embora você não possa usar o laxante, existem “remédios” ricos em fibras, como o metamucil, que podem ser ingeridos diariamente a auxiliam no melhor “desempenho” do sei intestino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>